sexta-feira, abril 27, 2007

Fresca ou quente... a canela?

Este é, sem dúvida, um dos meus cheiros favoritos. De entre os prazeres que a canela produz em mim, lembra-me a volta saloia pela serra até à feira de Colares, à procura daqueles biscoitos crocantes e que deixam um gosto estranho na boca. Seja nas comidas, nas bebidas, nos odores, na decoração, e agora nos meus bijoux, a canela faz maravilhas e tem conquistado vários cantinhos aqui em casa.
E já agora, alguma vez mordiscaram um pauzinho de canela? Experimentem...
Compr. 19 cm aprox.

Pulseira canela fresca Refª PU03 (vendida)
Puseira canela quente Refª PU04 (vendida)

1 comentário:

miquinhas disse...

Olá Anadosol com sabor a canela e outras especiarias raras que se sentem e cheiram e nos inebriam os sentidos.
Obrigada pelo simpático comentário, que me reconfortou o espírito (eu por vezes tenho aqueles devaneios).
Gosto de vir dar uma volta ao teu cantinho, apreciar as tuas "tralhas" (que inveja me dão) e desfrutar da forma harmoniosa como combinas os materiais, as cores e as texturas. Ainda não encontrei um único trabalho em relação ao qual pudesse dizer "este não merecia estar aqui". Pelo contrário, todos merecem este destaque e mais ainda, porque o que é belo deve ser admirado, partilhado e preservado.
Já agora, não se corre o risco de comer as pulseiras e os colares canela? É que eu sou doida por canela. E adorei o teu tesouro trazido das profundidades do mar onde os azuis fazem uma dança de encantar e atrair musas e marinheiros descuidados.
Beijinhos e bom fim-de-semana